Equipes procuram destroços de OVNI derrubado no Canadá, diz Trudeau

Declaração do primeiro-ministro canadense ocorre após o democrata Chuck Schumer dizer que as autoridades dos EUA acreditam que o objeto era um balão de espionagem
Premiê do Canadá, Justin Trudeau, 07/02/2023. Foto: Reuters/Blair Gable

Por Steve Scherer e Katharine Jackson / Reuters

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, disse neste domingo que investigadores estão procurando os destroços de um objeto voador misterioso que foi derrubado por um caça dos Estados Unidos no território de Yukon no dia anterior.

“Equipes de recuperação estão no local, tentando encontrar e analisar o objeto”, disse Trudeau a repórteres antes de partir para um evento de arrecadação de fundos que havia sido agendado anteriormente em Yukon.

Os comentários de Trudeau foram feitos depois de o líder da maioria do Senado dos EUA, o democrata Chuck Schumer, dizer à emissora ABC que autoridades dos EUA acreditam que o objeto destruído no Canadá no sábado –assim como outro objeto voador que foi abatido perto de Deadhorse, no Alasca, na sexta-feira– eram balões.

Ele deu poucos outros detalhes, afirmando apenas que os objetos eram muito menores do que um primeiro balão que entrou no espaço aéreo dos EUA e foi derrubado na Carolina do Sul no dia 4 de fevereiro.

Schumer disse que autoridades norte-americanas estavam “focadas como um laser” em descobrir o que os objetos eram e qual ameaça eles representavam.

O parlamentar republicano Mike Turner, integrante do Comitê de Serviços Armados da Câmara dos EUA, sugeriu que o governo do presidente Joe Biden pode estar supercompensando pelo que ele descreveu como um anterior monitoramento negligente do espaço aéreo norte-americano.

Entrevistas

Rolar para cima