Governo deve acionar AGU para liberar estudos da Petrobras na Foz do Amazonas

Advocacia Geral da União deve emitir parecer para que Petrobras faça prospecção de petróleo sem estudo amplo de impacto ambiental
Foto: Bram Titan / Agência Petrobras

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva está se movendo na direção de permitir que a Petrobras, estatal de petróleo do Brasil, faça um levantamento numa região offshore ecologicamente sensível, decisão que ameaça ofuscar uma importante cúpula ambiental e alimentar uma disputa em andamento em sua administração.

O escritório do Advogado-geral da União (AGU) emitirá um parecer de que não é necessário que a Petrobras conduza um estudo de impacto ambiental significativo para começar a prospecção de petróleo na chamada Foz do Amazonas, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto, ouvidas pela reportagem.

O principal órgão ambiental do Brasil, o Ibama, bloqueou no início deste ano os planos da empresa de iniciar perfurações exploratórias offshore na região potencialmente rica em petróleo na Margem Equatorial 

Entrevistas

Rolar para cima