Moore Brasil é nomeada para analisar balanço da Americanas

Um comitê independente, nomeado pelas Americanas, já trabalha para a elucidação de eventual fraude na empresa
Foto: Divulgação / InfoMoney

O Juiz da Recuperação Judicial de Americanas, Paulo Assed Estefan, nomeou a empresa Moore do Brasil para apurar fatos e condutas descritas pelos credores e o grau de comprometimento das descritas “inconsistências contábeis” apontadas pelos bancos.

Os trabalhos deverão ser liderados pelo sócio principal da Moore, Carlos Atushi Nakamuta.

O juiz cita que a nomeação visa evitar tumulto de apurações, embora esses devam ocorrer sem prejuízo da apuração por instituições externas do administrador judicial. Um comitê independente, nomeado pelas Americanas, já trabalha para a elucidação de eventual fraude na empresa.

O comitê é presidido pelo advogado Otavio Yazbek, e composto ainda por Vanessa Lopes, integrante do comitê e do conselho de administração da Americanas, e Eduardo Flores. Os membros do comitê contam com a assessoria do escritório Maeda, Ayres & Sarubbi e da empresa EY.

Fonte: Agência Estado

Entrevistas

Rolar para cima