PIM produz mais de 38 mil bicicletas em janeiro

Readequação da cadeia logística reduziu o desempenho da indústria em 37,1% na comparação com o mesmo mês de 2022
Foto: Divulgação / Abraciclo

Levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo mostra que as fabricantes de bicicletas instaladas no PIM (Polo Industrial de Manaus) produziram 38.636 unidades em janeiro. O volume é 37,1% inferior ao registrado no mesmo mês do ano passado (61.437 bicicletas) e 165% maior na comparação com dezembro (14.580 unidades).

Ao avaliar o desempenho do segmento no primeiro mês deste ano, o vice-presidente do segmento de bicicletas, Cyro Gazola, afirma que a indústria enfrenta dois grandes desafios: um mundial e outro local. “O primeiro é a falta de insumos, que atinge todas as fabricantes do mundo. O outro é nacional, que exige que as fabricantes reprogramem o mix de produção para atender a nova demanda do mercado por modelos de médio e alto valor agregado. Diante desse cenário, a indústria alterou todo o seu planejamento, que vai desde a cadeia logística até ajustes nas linhas de produção”.

Gazola destaca, ainda, que a conjuntura econômica derrubou o poder de compra da população e, com isso, elevou os níveis dos estoques de modelos de entrada nas lojas e nos centros de distribuição.

Porém, apesar dessas dificuldades, as associadas da Abraciclo mantêm seus investimentos nas linhas de produção e em novas tecnologias. “É fundamental investir no aprimoramento dos processos fabris que vão resultar em ganhos de qualidade para oferecermos ao consumidor modelos com alto nível de qualidade e valor agregado. A bicicleta hoje faz parte do cotidiano dos brasileiros, seja para o lazer, nos deslocamentos urbanos ou na prática esportiva”.  

Para este ano, a Abraciclo prevê a produção de 570.000 bicicletas, retração de 4,8% na comparação com o ano passado (599.044 bicicletas).

PRODUÇÃO DE BICICLETAS NO PIM
 JANEIRO 2022JANEIRO 2023%
UNIDADES61.43738.636-37,1%
Fonte: Associadas Abraciclo  

Produção por categoria

Em janeiro, a categoria mais produzida foi a Moutain Bike (MTB), com 21.305 unidades e 55,1% do total produzido no polo de Manaus. Em segundo lugar, ficou a Urbana/Lazer (11.951 bicicletas e 30,9% da produção), seguida pela Infantojuvenil (3.127 unidades e 8,1%).

Foto: Divulgação / Abraciclo

Confira o ranking mensal de produção:

PRODUÇÃO DE BICICLETAS NO PIM
 JANEIRO/22DEZEMBRO/22JANEIRO/23  
CATEGORIAAPARTICIPAÇÃOBPARTICIPAÇÃOCPARTICIPAÇÃOC/AC/B
MTB40.00865,1%5.10935,0%21.30555,1%-46,7%317,0%
Urbana/Lazer16.37326,7%5.89240,4%11.95130,9%-27,0%102,8%
Elétrica1.4912,4%1.0677,3%9312,4%-37,6%-12,7%
Estrada4570,7%7485,1%1.3223,4%189,3%76,7%
Infantojuvenil3.1085,1%1.76412,1%3.1278,1%0,6%77,3%
TOTAL61.437100,0%14.580100,0%38.636100,0%-37,1%165,0%
Fonte: Associadas Abraciclo

Distribuição por região

A região Sudeste foi a que recebeu o maior volume de bicicletas fabricadas no PIM. No total, foram enviadas 23.680 unidades, o que representa 61,3% do total produzido.

Em segundo lugar, ficou a região Sul, com 6.780 unidades e 17,5% da produção. Na sequência vieram o Norte (4.424 bicicletas e 11,5% do volume fabricado), o Centro-Oeste (1.943 unidades e 5,0%) e o Nordeste (1.809 bicicletas e 4,7%).

Exportações

No primeiro mês do ano foram exportadas 1.420 bicicletas, retração de 33,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado (2.126 unidades). Em relação a dezembro, quando foram embarcadas 2.278 bicicletas, houve queda de 37,7%.

Segundo dados do portal Comex Stat, que apura os embarques totais de cada mês, analisados pela Abraciclo, os dois principais destinos foram os países do MERCOSUL. Em primeiro lugar, ficou o Paraguai (710 bicicletas e 50% das exportações), seguido pelo Uruguai (570 unidades e 40,1%). Portugal, que recebeu 135 bicicletas e 9,5% do volume total exportado, ficou em terceiro lugar no ranking.

Sobre a Abraciclo e o Setor de Duas Rodas

Com 46 anos de história e contando com 14 associadas, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo representa os fabricantes de veículos de duas rodas no país, tendo como principal missão o desenvolvimento e o fomento do setor por meio de ações baseadas em três pilares: Política Industrial, Segurança Viária e Técnico.

A fabricação nacional de motocicletas, quase totalmente concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM), está entre as sete maiores do mundo. No segmento de bicicletas, com as principais fábricas também instaladas no PIM, o Brasil se encontra na quarta posição entre os principais produtores mundiais. No total, as fabricantes do Setor de Duas Rodas geram cerca de 15 mil empregos diretos em Manaus/AM.

MOTOCICLETAS*BICICLETAS*
Frota nacional: acima de 31 milhões
de unidades
Frota nacional: mais de 70 milhões
de unidades
Produção anual: 1,4 milhão de unidadesProdução anual: 2,5 milhões
de unidades**
7º maior produtor mundial4º maior produtor mundial
(*) Dados até janeiro de 2023.
(**) Estimativa de produção em todo o território nacional e excluídas as bicicletas infantis.

Fonte: SD & Press Consultoria

Última Edição

Entrevistas

Rolar para cima