Warren Buffett reforça a aposta em petróleo e gás na contramão da onda ESG

A Berkshire Hathaway está aproveitando a queda nos preços das commodities deste ano para aumentar seus investimentos em alguns dos setores de petróleo e gás favoritos de Buffett

Os investimentos multibilionários de Warren Buffett em petróleo e gás no início da pandemia se pagaram quando o setor reportou lucros recordes em 2022. No entanto, em vez de embolsar esses ganhos este ano, o Oráculo de Omaha quer mais.

A Berkshire Hathaway está aproveitando a queda nos preços das commodities deste ano para aumentar seus investimentos em alguns dos setores de petróleo e gás favoritos de Buffett, mostrando que o investidor mais famoso do mundo vê oportunidades em um setor há muito tempo desfavorecido devido à sua volatilidade e efeitos sobre o clima.

No início deste mês, a Berkshire concordou em gastar US$ 3,3 bilhões para aumentar sua participação em um terminal de exportação de gás natural liquefeito em Maryland, nos Estados Unidos. Neste ano, também aumentou sua participação na Occidental Petroleum em 15% e comprou mais ações de cinco traders japoneses de commodities.

Preocupações persistentes com o desempenho ambiental, social e de governança (ESG, na sigla em inglês) do setor, baixos retornos antes da pandemia e o risco de uma queda na demanda por combustíveis fósseis nas próximas décadas têm afastado muitos investidores da indústria.

Fonte: Bloomberg Línea

Última Edição

Entrevistas

Rolar para cima