Super Terminais inicia a montagem do primeiro dos três guindastes elétricos

Expectativa é que até o início de abril os guindastes importados da Alemanha estejam montados no mais eficiente terminal portuário do PIM
Foto: Divulgação/Super Terminais

O primeiro dos três novos guindastes elétricos importados pelo Super Terminais da Alemanha está sendo montado no terminal privativo, considerado o mais eficiente do Polo Industrial de Manaus (PIM). A expectativa é que até o início de abril a operação de montagem dos equipamentos de alta tecnologia esteja finalizada e os guindastes comecem a operar em junho de 2023.

Os guindastes elétricos chegaram a Manaus em setembro de 2022. Cada fase da operação de montagem conta com a mão de obra direta de cerca de 40 pessoas, entre colaboradores do Super Terminais e de outras quatro empresas.

“Cada guindaste pesa 600 toneladas, aproximadamente. Os guindastes modelos ESP 10 têm capacidade de elevação de até 125 toneladas e velocidade de até 120 metros por minuto. O raio de alcance da lança chega a 64 m, o que vai permitir que comecemos a atender navios maiores, como os da classe Super Post Panamax, com comprimento de 1.000 pés (305 m). Somos o primeiro terminal do mundo a receber esses equipamentos”, afirma Marcello Di Gregorio, diretor do Super Terminais.

Foto: Divulgação/Super Terminais

Ao todo, mais de R$ 200 milhões foram investidos pelo Super Terminais em seu projeto de inovação portuária, onde aproximadamente 13 milhões de euros foram direcionados exclusivamente para aquisição dos guindastes.

A expectativa é que a operação desses equipamentos, a expansão do pátio de armazenagem em 10 mil m², a ampliação do píer em 180 metros e a implementação de novos sistemas eco eficientes, permitam o aumento de 25% na produtividade do terminal portuário.

Super Terminais

Foto: Divulgação/Super Terminais

Com 25 anos de experiência no mercado de transporte e logística, o Super Terminais é o mais eficiente terminal privativo no Polo Industrial de Manaus. Opera cargas em contêineres, cargas de projetos e cargas soltas.

A estrutura oferece ainda os equipamentos mais modernos do mercado e cumpre rigorosamente os cronogramas de manutenções preventivas e corretivas com peças originais, garantindo a segurança e a eficiência no manuseio de cargas.

A média operacional está em cerca de 40 movimentos por hora, com 3 turnos, e 280 tomadas para contêineres frigorificados.

Foto: Divulgação/Super Terminais

Entre as grandes preocupações da empresa estão a preservação da maior floresta tropical do mundo – a Floresta Amazônica –, a capacitação para promover um ambiente sustentável e o desenvolvimento de campanhas para evitar a ocorrência de acidentes ambientais e humanos.

Fonte: GBR Comunicação

Última Edição

Entrevistas

Rolar para cima